Alcance Mais Pessoas Com o Mesmo Investimento No Google

Como alcançar mais pessoas investindo menos no Google. Essa aula realmente é muito importante, porque algumas pessoas não se atentam a uma configuração básica nas suas campanhas. Que você vai conseguir alcançar pessoas diferentes, ou seja, mais pessoas, com o mesmo investimento ou até investindo menos. Muita gente fala que para alcançar mais pessoas, você tem que colocar mais grana. Para ter mais pessoas assistindo aos seus vídeos, vendo seu anúncio e tudo mais, para chamar mais pessoas diferentes para o seu site, você tem que gastar mais. E nem sempre é assim.

Eu vou lhe mostrar nesse conteúdo, algo bem simples, bem básico, mas que eu acredito que você deve inserir nas suas campanhas e ter um controle mais de perto, porque isso vai te ajudar a ter mais resultado. Quando eu comparo uma campanha sem essa configuração com uma que a tem, é possível enxergar que a que tem alcança mais pessoas, tem um volume de leads e vendas maiores. Mais cliques qualificados, porque são cliques para pessoas diferentes. E, geralmente, quando você foca só nas mesmas pessoas, só as mesmas pessoas estão vendo o seu anúncio, fica mais caro para você aparecer para elas. Afinal, elas vão rejeitar mais o seu anúncio, o seu CTR acaba ficando mais baixo. Resumindo, você vai gastar mais anúncio para conseguir o mesmo resultado.

Vamos lá. É algo bem simples.

Em que Tipos de Campanha a Estratégia Funciona?

Para fazer esse conteúdo, eu estou aqui em uma campanha. Há diferentes tipos, como campanhas da rede de pesquisa, campanhas na rede de display e campanhas de vídeo. A rede pesquisa é o Google.com, que você vai lá, pesquisa e procura alguma coisa. Campanha na rede de display são sites e blogs parceiros do Google, que você consegue anunciar com maior facilidade e pagando bem menos. Aqui entra sites como o Google.com, sites de notícias, blogs e etc. E as campanhas de vídeos você consegue anunciar também na rede de display, mas principalmente no Youtube. 

Então, essa estratégia que eu vou passar para você funciona em dois tipos, nas campanhas de vídeos e nas campanhas da rede de display. Não funciona para a rede de pesquisa. Mas, Tiago, do que você está falando? Basicamente sobre frequência.

O que acontece? Quando você cria uma campanha da rede de display ou uma campanha de vídeo, você tem a opção de colocar uma frequência. Vou explicar em um passo-à-passo simples e prático.

Como utilizar o limite de frequência para alcançar mais pessoas no Google

Você, assim como eu, pode pegar uma campanha de vídeo como teste. Uma vez dentro dela, você vai até o menu esquerdo da tela, mais especificamente em “configurações”. Na parte de configurações, nós temos a opção de incluir, na sessão “configurações adicionais”, o limite de frequência. Isso aqui é algo tão simples e que faz total diferença para você melhorar o seu resultado. 

O que é esse limite de frequência? É uma configuração ao qual você limita quantas vezes seus anúncios podem ser exibidos para o mesmo usuário. Basicamente, você vai limitar da seguinte forma: Por exemplo, se essa pessoa viu meu anúncio duas vezes naquele dia ou naquela semana, não vai ver mais.

Então, como é que eu faço isso? Bom, primeiro, nós vamos entender a parte prática para depois entender a estratégia por trás disso.

A gente tem dois tipos de limitador de frequência: Limitar frequência de impressões e limitar a frequência de visualizações. O primeiro se refere a quantidade de pessoas que apenas viram o seu anúncio. Sabe quando você está em um site de notícias e você vê um anúncio, um banner? Isso é uma impressão. Você pode até não ter “visto”, nem clicado, nem fez nenhuma ação, mas se apareceu durante a sua navegação, é contabilizado como impressão.

E uma visualização, como eu estou em uma campanha de vídeos, se o cara assistiu uma ou duas vezes o meu vídeo, ele não vai ver mais o meu anúncio para ver esse mesmo vídeo, porque não faz sentido em alguns casos.

Então, Tiago, o que eu devo fazer? Você deve limitar a frequência das suas campanhas. Isso aqui é fundamental.

Nós temos o limite de impressões. Por exemplo, eu posso colocar 5 impressões por dia. Ou seja, você coloca todos os seus anúncios a nível de campanha. Então, se o mesmo usuário ver 5 vezes a sua campanha, ele não vai ver o seu anúncio uma sexta vez. E pronto, naquele dia, ele não vê mais.

Você tem ainda a opção de colocar a frequência por semana e por mês. E aí você pode escolher por nível de campanha, por grupo de anúncios ou até por anúncio. Sabe quando você faz um teste A/B? Você coloca lá 2-3 vídeos/anúncios? Então, se o usuário viu o anúncio “A”, ele só verá especificamente o B e assim por diante. A mesma coisa se aplica na parte de visualizações.

Quando você cria uma campanha de banner, para aqueles anúncios gráficos, para aparecer na rede de display, em sites de notícias e etc., você não tem a opção de limitar por visualização, porque ela é para campanhas de vídeos.

Qual o principal erro que a galera comete e que não alcança o resultado muitas vezes desejado? Você escolhe uma segmentação e vamos supor que é um público de remarketing, por exemplo, pessoas que assistiram seu vídeo, que entraram no seu site. E nesse público tem mil pessoas. E aí se você não limita a frequência, o seu anúncio vai aparecer para essas pessoas infinitas vezes. Na sua cabeça, você vai achar, por exemplo, que está alcançando várias pessoas com R$100, mas na verdade não. Você está gastando com as mesmas pessoas. 

Às vezes, uma pessoa viu seu anúncio 20 vezes e outra pessoa viu só uma vez. E aí o que acontece? Essa que viu 2 dezenas, talvez, já ignorou ou comprou o seu produto, e você não quer mais aparecer para ela. Só que se você não limitar a frequência, você vai continuar aparecendo para essa pessoa.

Como eu faço para alcançar mais pessoas? Quando você limita a frequência, por exemplo, se eu colocar aqui 5 por dia. O que acontece? Eu tenho o meu público de 1k e R$100 para gastar. O Google vai identificar o usuário que já assistiu 5X e não exibir mais seus anúncios para ele. Então, se todo seu público já viu 5 vezes sua campanha, o Google não gasta mais sua verba. Ou seja, ao invés de gastar R$100, você vai gastar, talvez, R$80-R$70-R$50. Você vai gastar menos, alcançando o mesmo número de pessoas. Por que a grande sacada não é você aparecer com muita frequência e sim alcançar pessoas diferentes. E dentro desse grupo vão ter as pessoas que demonstrarão interesse naquilo que você está oferecendo e aí haverá uma maior facilidade para vender.

Então, não é você investir naquela pessoa que não quer. É você ampliar o alcance para descobrir quem quer. E isso você faz com o limite de frequência.

Aplicando o Limite de Frequência na Prática

Vamos criar uma campanha do zero na rede de display. Na sua conta de Google, você vai clicar no sinal “+”, em seguida em “Nova Campanha”. Na próxima página, você vai escolher o seu objetivo. Vamos supor que seja leads, queremos pessoas que vão deixar seus dados, seu e-mail, seu telefone para que possamos entrar em contato. Isso é um lead, uma pessoa interessada em comprar de você. Só que não é uma campanha em vídeo, é uma campanha gráfica. Então, você vai selecionar a opção “Rede de Display” e depois “Campanha padrão da Rede de Display”. Para finalizar essa etapa, clique em “Continuar”.

Agora, você vai configurar toda a sua campanha. Caso precise de ajuda para esse passo-à-passo, visite meu canal no Youtube ou meus conteúdos aqui no blog. Rolando a página de configurações da sua campanha, você vai chegar na parte “Orçamento”, logo abaixo, terá a opção “configurações adicionais”. Clicando nela, vai aparecer “Limite de Frequência”. Selecione-a, e marque “Defina um Limite”. Você vai ver que não tem a parte de “Visualização”, mas estará disponível a limitação por impressões. Nessa etapa, você vai aplicar as limitações conforme fizemos anteriormente.

Há também nessa mesma sessão a opção “Deixe o Google Ads otimizar a frequência com que seus anúncios são exibidos”. O próprio Google a coloca como recomendada. Como assim recomendada? Eu digo o seguinte, se a sua verba está sempre sobrando, se o seu custo por conversão está muito baixo. Ou seja, se você me disser: Tiago eu estou convertendo aqui, uma beleza, quero gastar mais no Google e vender em mais volume. Então, se está “sobrando muita verba na sua campanha”, você pode testar sem deixar o limite de frequência ativado. Agora, se a sua verba é pequena, seu público é grande e você quer atingir pessoas diferentes, geralmente eu faço isso, porque eu acredito que faz mais sentido, aí limite a sua frequência.

Essa campanha que fizemos agora funciona de modo muito simples. E você pode alterar o limite de frequência a qualquer momento. Então, todo teste é bem-vindo para você melhorar os resultados das suas campanhas.

É uma dica bem simples, mas eu quis passar nesse conteúdo para ficar presente, realmente, a estratégia que com certeza vai ajudar muita gente a diminuir os seus custos, alcançar mais pessoas para encontrar os interessados naquilo que você vende. O seu produto ou serviço.

É isso. A gente se vê na próxima aula. Até lá!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Aprenda a anunciar no Google com Orçamento Baixo

Ebook + Aula Completa Inclusa. Baixe Agora. É Grátis.

JUNTE-SE A MAIS DE 50.000 PESSOAS

Entre para nossa lista e receba
conteúdos exclusivos e com prioridade

Gostou do artigo? Deixe seu comentário abaixo

Aprenda mais sobre Marketing Digital no Instagram Me siga →