Checklist SEO – Confira Estes Pontos Antes de Divulgar Seu Site

JUNTE-SE A MAIS DE 50.000 PESSOAS

Entre para nossa lista e receba
conteúdos exclusivos e com prioridade

Está prestes a lançar e divulgar seu site? Antes que a empolgação tome conta e você, finalmente, dê vida ao projeto, responda com sinceridade:

  • Você tem certeza da consistência da sua estratégia de SEO?

Pois bem, se você hesitou na resposta, não se preocupe tanto assim!

É comum que os empreendedores e marqueteiros foquem mais sua atenção em outros pontos, como o design e a navegabilidade do site durante o projeto, embora isso não seja o mais adequado.

Você não é o único que, prestes a divulgar seu site, repensa se o SEO aplicado é o suficiente. Afinal, embora “invisível” aos olhos de muitos, esse conjunto de técnicas é responsável por grande parte dos seus resultados, incluindo o potencial da atração de tráfego e conversões.

Por outro lado, é importante que você não divulgue o seu site antes de se assegurar que ele é competitivo em parâmetros de otimização. Caso contrário, a sua concorrência poderá ser implacável!

Ficou inseguro? Não precisa adiar nada por tanto tempo assim, basta apenas conferir o checklist SEO que preparamos para você, antes de divulgar seu site!

Vem com o Mestre do Adwords!

1˚ – Cheque a Velocidade de Carregamento das Suas Páginas

Não é de hoje que a Google vem demonstrando que a velocidade de carregamento das páginas do seu site é um ponto imensamente importante para a boa experiência do usuário.

No entanto, esse critério ganhou ainda mais relevância, quando a navegação passou a ser massivamente realizada através dos smartphones e aparelhos mobile no geral.

Por isso, atualmente, a velocidade do seu site conta como critério de ranqueamento. Além de influenciar bastante nas suas taxas de retenção e de rejeição.

Então, antes de divulgar seu novo projeto, certifique-se de que seu site está carregando rapidamente, incluindo, é claro, quando ele é acessado via dispositivos móveis.

Não sabe como fazer isso?

Sem problemas, a própria Google oferece uma ferramenta de análise, onde, inclusive, é possível verificar sugestões dos pontos que podem ser otimizados e, portanto, aumentar a velocidade de carregamento das suas páginas.

O Page Speed Insights é muito útil e simples de ser utilizado! Basta que você acesse a ferramenta, insira a URL que deseja testar e clicar no botão para “Analizar”.

A ferramenta lhe exibirá uma nota, ela se refere ao nível de adequação da velocidade do seu site. Você ainda pode verificar a aba Desktop e Mobile e, assim, conferir as sugestões para melhorias.

2˚ – Cheque Se a Sua Estratégia Está Dentro do Movimento Mobile First

Como falamos acima, o modo como as pessoas acessam a internet mudou e, por isso, atualmente, a Google está priorizando no ranqueamento os sites que priorizam suas versões mobile.

Isso foi evidenciado pelo projeto da gigante da internet, nomeado Mobile First! Ele consiste em incentivar e apoiar profissionais a investirem na experiência mobile, antes da Desktop.

Se você quer ter certeza de que está utilizando todo o potencial do seu projeto, cheque se a sua estratégia está dentro do movimento mobile first.

3˚ – Cheque Se Você Já Tem Uma Programação de Conteúdos Prontos

Muitos profissionais, equivocadamente, lançam e passam a divulgar seus sites, antes de ter uma programação de conteúdos prontos.

Isso quer dizer, eles lançam e divulgam primeiro o site e depois vão pensar em produzir conteúdos, no tipo de postagem que farão, na regularidade que eles serão disponibilizados e tudo mais.

Talvez, você não saiba, mas isso pode prejudicar e muito seus resultados!

Apesar de pouca gente falar, o ideal é que se tenha um estoque de “conteúdos”, com planejamento de postagem em cronograma, para que a regularidade prevista na estratégia, se mantenha!

Se você é experiente, sabe que o marketing de conteúdo está intimamente ligado ao SEO, atração de tráfego orgânico, entre outras coisas importantes para conquistar mais conversões.

Por isso, cheque com atenção se você já tem uma programação de conteúdos prontos e que eles são o suficiente para manter a consistência das postagens, até que novos sejam produzidos.

Não cometa o erro de lançar e divulgar seu site, antes de ter um bom estoque de conteúdo relevante! Isso pode levar à sua potencial audiência a desconfiar do seu negócio.

4˚ – Cheque Se o Analytics e Seach Console Estão Ativos

Sem o monitoramento de métricas, o seu site está fadado ao fracasso. Em se tratando de SEO, onde é necessário analisar o desempenho e o comportamento das estratégias para aplicar otimizações, isso é ainda mais importante.

Por isso, não divulgue seu site, antes de ter certeza que o Analytics e o Search Console estão ativos.

Não sabe como ativá-los, tudo bem, a gente explica!

No caso do Analytics, basta que você:

  • Faça login em sua conta ou crie uma.
  • Então vá até configurações de usuário, clique na aba “Administrador” e em seguida em “Criar uma Conta”.
  • Você verá alguns blocos para preencher, basta colocar as informações solicitadas nos espaços correspondentes.

Ao final, clique em “Ver ID de Acompanhamento”. O número gerado é o de rastreamento do Analytics.

Ele deverá ser instalado no código do seu site! Caso esteja trabalhando com o WordPress, basta fazer esse processo através de plug-ins, como o Yoast SEO.

Tudo pronto em seu Analytics? Agora vá ao Search Consolee inclua seu site.

Para tal, basta:

  • Logar na sua conta!
  • Na página inicial, clique em “Adicione Propriedade”.
  • Abrirá um bloco, onde você deve colocar a URL do seu site.
  • Depois, vai ser preciso verificar a propriedade.
  • Para tal, você precisará colar a metatag indicada pela Google no código html da página inicial do seu site. Na seção <head>, antes de <body>.

5˚ – Cheque Se Você Já Criou o XML Sitemap do Seu Site

Para quem não sabe, o Sitemap é uma espécie de mapa da estrutura do seu site em URL’s.

Ele é importante para que os boots dos mecanismos de buscas possam “ler” e indexar seu site de maneira mais organizada e simples.

Quando você tem um sitemap, também pode estipular o que a Google, por exemplo, pode acessar ou não.

Indexando com prioridade só o que é interessante, lhe dando mais chances de conseguir melhores posições nos rankings de pesquisas.

Para criar um sitemap, existem várias formas, inclusive, gratuitas. Por meio de uma pesquisa rápida, você encontra dezenas de opções. O processo é bem simples e rápido.

Só não esqueça que depois de criá-lo, você precisará adicioná-lo no Webmaster Tools.  Para isso, basta acessar a sua conta, clicar em “Otimização”, depois em “Sitemaps” e, por fim, em “Adicionar/Test Sitemap”.

Pronto! Esperamos ter lhe ajudado. Em caso de dúvidas, escreva para nós!

Desejamos-lhe sucesso sempre, a gente se vê.

Forte Abraço.

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Aprenda a anunciar no Google com Orçamento Baixo

Ebook + Aula Completa Inclusa. Baixe Agora. É Grátis.

Gostou do artigo? Deixe seu comentário abaixo

Conteúdo Exclusivo
do Instagram