Como Fazer Minha Primeira Venda No Google

Como fazer a minha primeira venda no Google? Se você nunca anunciou no Google, nunca vendeu pela internet, esse conteúdo é para você. Vou te mostrar o passo-à-passo daquilo que você tem que fazer, de uma forma bem detalhada, para que consiga fazer a sua primeira venda utilizando a ferramenta número 1 de vendas da internet, o Google. Mesmo que você esteja começando do absoluto zero, que não saiba muito sobre o assunto, depois que você conseguir fazer a primeira venda, vai fazer isso múltiplas vezes e consequentemente vai ter múltiplas vendas por dia e o Google vai te ajudar a aumentá-las ainda mais, melhorando seu faturamento, enfim, para alcançar seus objetivos.

Sem tempo de ler? Ouça o podcast!

1˚ Passo – Analisar o Mercado e Palavras-Chave

O primeiro passo, antes de começar, antes de anunciar no Google, é analisar o mercado que você está e as palavras-chave que irá anunciar. Quando você anunciar no Google, vai aparecer o seu anúncio na rede de pesquisa. 

Um adendo. Daqui a pouco eu vou explicar porque estou falando sobre a rede de pesquisa, porque ela é a melhor comparada com qualquer outra para você anunciar.

Voltando… o que acontece? As pessoas vão lá e criam um anúncio qualquer, colocam no Google e esquecem. Só que quando o usuário pesquisa no Google, não aparece só o seu anúncio, aparecem os anúncios de seus concorrentes. Então, é importante você pesquisar, antes de criar o seu anúncio. Porque o nosso objetivo vai ser criar o melhor anúncio.

O melhor anúncio não significa ter o melhor preço. Melhor anúncio é aquele que vai chamar mais a atenção, vai tocar mais na dor do usuário, mostrar algumas vantagens de a pessoa comprar de você.

Então, o primeiro passo que você tem que fazer é anotar como os seus concorrentes estão anunciando, quem são eles e dar uma pesquisada até em como eles estão vendendo. Isso vai lhe dar alguns insights para você anunciar com risco bem menor de não ter resultado.

Agora, eu vou usar um exemplo da agência. Vamos supor que eu venda um serviço de criação de sites e quero conseguir mais clientes. Eu quero vender sites, quero vender esse serviço.

Então, qual é o primeiro passo que eu tenho que fazer? Ir até o Google e pesquisar isso. É simples. Eu vou até o Google e pesquiso, por exemplo, por “Comprar Sites”. Pode ser também “Fazer site”, “Comprar site Profissional”, ou seja, algumas palavras-chave que tenham relação direta com aquilo que eu vendo.

Na imagem abaixo, você pode ver alguns anúncios que apareceram nessa pesquisa que fiz. Todos eles estão com a tag “anúncio” em verde. E são, nesse caso, de concorrentes. 

Então, qual seria o primeiro passo a partir daqui? Analisar as vantagens de cada um. Porque quando o usuário pesquisar vai encontrar esses mesmos anúncios. A ideia é pensar em como você faz para superar o anúncio de cada empresa, ao ponto de se destacar na visão do usuário.

Outro passo que você precisa dar é clicar nesses anúncios e olhar os sites para ver como eles estão vendendo. Porque se esses sites estão anunciando no Google e há muito tempo, significa que eles estão tendo resultados. E se eles têm resultados é porque estão anunciando para a pessoa certa, com a segmentação correta e também com o site de alta conversão.

Ao entrar nesses anúncios, você vai ter ideias de sites. Reparando em cada ponto importante e detalhes, é possível construir o seu documento de brainstorming, ou seja, uma tempestade de ideias, e aí você vai já entrar em campo sabendo quem são os seus concorrentes, quais são os anúncios que precisa vencer.

Isso é necessário porque as pessoas criam um anúncio no Google simplesmente de uma maneira qualquer. Sem pensar muito, só querem criar um anúncio rápido e pronto. E essa é a pior maneira de começar. Afinal, você não tem ideia sobre com quem está concorrendo. E aí, o usuário vai fazer a pesquisa e achar que o segundo colocado do ranking do resultado de buscas, por exemplo, está melhor, afinal ele oferece mais coisas, vai clicar e o anúncio feito sem pensar acaba perdendo muitos cliques qualificados e vendas.

Você vai gastar alguns minutinhos com esse primeiro passo, mas é importante clicar em cada um dos sites, os 4 primeiros e também os últimos da página, podendo ser 3, mais ou menos. Olhe o preço, as vantagens, o que você pode oferecer de diferente, qual o seu diferencial. Assim, você vai colocar isso na sua campanha para vencer e criar o melhor anúncio.

2˚ Passo – Criar Uma Landing Page de Alta Conversão

O que é uma Landing Page de alta conversão? É um site que é destinado para receber tráfego. Além disso, trata-se de uma URL de alta conversão. Ela já está focada em performance, em uma única ação que faz com que o usuário realmente faça aquilo que você colocou como conversão, ação desejada.

Por exemplo, quando uma pessoa entra no meu site, eu quero que ela deixe alguns dados dela para que seja possível eu entrar em contato e vender o serviço de criação de sites. Então, esse é o objetivo. Você não deve enviar o tráfego para a home do seu site, porque lá é só uma apresentação da sua empresa. 

Você tem que enviar para uma Landing Page que fala especificamente sobre aquele produto que você vende, toda a parte de escrita de texto, exemplos, tudo sobre o produto precisa estar nela. E a única ação do usuário nesse local tem que ser fazer a ação que você gostaria que ele fizesse. Como deixar o lead, que é nome, e-mail telefone, o contato dele. Ou realizar a compra direta, se é um e-commerce, se está vendendo algum produto físico.

Nesse caso, eu estou focando em criação de sites. Então, a minha Landing Page é sobre especificamente esse serviço. Muita gente acaba mandando o tráfego para a home, mas na verdade, deveria mandar para uma página como a minha. Onde eu estou explicando cada parte do serviço.

Então, qual é o principal objetivo da minha Landing Page? É o usuário chegar até ela, clicar no botão “Quero Criar Meu Site Inteligente” e deixar os dados para que eu possa entrar em contato e fechar o serviço com ele. Ao mesmo tempo, esse usuário pode optar por me ligar ou chamar no WhatsApp, já que o telefone está disponível bem visível no topo da página.

Seguindo a estrutura, a minha Landing Page também tem toda a descrição do produto. Não falo da minha empresa, a não ser que seja interessante por ser um diferencial, o que é muito usado para vender serviços. Aqui, falaremos do produto mesmo, mostro alguns sites de exemplo, no entanto, por se tratar de um serviço, também destacamos a diferença da Blueberry para outras agências, quem é a Blueberry. Apesar disso, não deve ser igual a home, todo o conteúdo deve ser voltado a enaltecer o serviço específico, a vendê-lo, a destacá-lo. Lembre-se disso!

Você pode me dizer que tem um e-commerce. Mas, aquela página que tem o seu produto específico é para onde você vai enviar o tráfego. Isso é uma Landing Page também de e-commerce.

Cada página é uma Landing Page. Por exemplo, vamos supor que estou vendendo aqui televisão, mesma coisa. Você tem que analisar essa página ao qual vai enviar o tráfego para ver se ela está bem estruturada para receber as visitas do Google.

No primeiro passo a gente analisou a concorrência. Baseado nisso, nós criamos um site tão bom quanto ou melhor, se possível, que eles e com vantagens, realmente, que a pessoa que entre no site diga: “Caraca! É bem melhor eu contratar essa empresa. Pelo o que eles oferecem, benefícios, vantagens e etc.”. Então, no segundo passo, criamos uma Landing Page de alta conversão.

3˚ Passo – Pesquisa de Palavras-Chave no Momento da Compra

Para o terceiro passo, você vai precisar ir até a sua conta de Google. Porque nós vamos trabalhar com as palavras-chave, mais especificamente com o planejador.

Ao criar um anúncio no Google, você consegue colocá-lo em vários lugares. Um exemplo desses lugares, a gente chama de Rede de Pesquisa. Que é a que você já conhece, os resultados das buscas. Mas, também você consegue anunciar na Rede de Display, com alcance de cerca de 95% da internet. Isso nada mais é que você colocar o seu anúncio em sites e blogs parceiros do Google. Então, você vai aparecer não exatamente para pessoas que estão procurando pelo seu produto-serviço especificamente, mas sim para aquelas que têm interesse em assuntos diretamente ou indiretamente relacionados com o que você oferece. Então, é totalmente diferente. Aqueles banners que você vê em qualquer site, pode ser na Globo.com, no Terra, enfim.

Temos também o Youtube. Que você consegue colocar os seus anúncios, tanto como vídeos, que tem a possibilidade de pular após alguns segundos, banners e alguns outros formatos. Além dos anúncios em aplicativos.

Esses são os tipos de anúncios. Mas provavelmente você já está querendo perguntar: Tiago, qual é o melhor tipo de anúncio para começar? Bom, para fazer a sua primeira venda, o recomendado é iniciar pela rede de pesquisa. Porque nesse momento a rede de pesquisa tem um perfil de usuário ideal para o objetivo, já que eles estão pesquisando, colocando exatamente aquilo que eles querem. Então, a rede de pesquisa tem uma alta taxa de conversão, com menor volume de clique. Mesmo que o custo por clique, que é contado quando cada pessoa clica no seu anúncio e vai para o seu site, seja um pouco mais elevado o custo por conversão, por venda, vai valer a pena.

Quero colocar um parêntese aqui. Antes de criar a sua campanha no Google, é importante você ter metas claras. Ou seja, qual é seu custo por conversão? Onde você quer chegar? Inclusive, eu tenho um conteúdo aqui no blog, onde falo só sobre metas, caso precise reorganizar as suas metas, não as tenha ou elas não estão tão claras, confira o material, pois será importante para seguirmos a partir daqui.

Sabendo disso, agora nós vamos descobrir no planejador de palavras-chave quais são as melhores palavras para você anunciar no Google. Então, na sua conta de Google, você vai em:

  1. Ferramentas.
  2. Depois clicar em “Planejador de Palavras-Chave”.

Ao entrar na ferramenta, eu, que estou nesse exemplo vendendo site, já começo a pensar como uma pessoa pesquisaria se ela precisasse comprar um site. Entre as opções, você vai clicar em “Encontrar Novas Palavras-Chave”. Por aqui, eu vou colocar na barra de busca “Comprar Site”, “Sites profissionais”, “Agência Criação de Site”. Você vai colocar umas 4 ou 5. Elas devem ser aquelas que identifique que as pessoas utilizam para buscar o que você vende. Assim que terminar, clique em “Começar”.

Feito isso, o Google vai lhe trazer pesquisas. Eu coloco por aqui para filtrar por relevância. Dessa forma, veremos o que as pessoas estão pesquisando e aí a partir dessa informação, você vai criar a sua lista de palavras-chave.

Importante: Você percebeu que o 3˚ passo se refere a palavras-chave no momento da compra? O nosso objetivo é pegar a pessoa no exato momento que ela está, realmente, querendo comprar. Então, algumas palavras são mais importantes, como, por exemplo, “Comprar TV”. Perceba que nesse momento a pessoa está querendo realmente comprar a TV. Uma representante da categoria de palavra-chave momento da compra. Agora, se ela está pesquisando “Qual TV é Melhor Samsung ou LG”, ainda está no estágio de descobrir qual TV, qual modelo, está em fase de conhecimento das opções.

Como o nosso objetivo é fazer a primeira venda e rápido, nós vamos pegar as palavras-chave que, geralmente, são um pouquinho mais disputadas, mas que são excelentes em conversão. São as palavras-chave momento da compra, o usuário já decidiu comprar.

Então, agora, você vai pegar o seu bloco de notas e nós vamos construir juntos essa lista. Aqui, eu poderia utilizar: “Criação de Sites”, “Criar Site”, “Criação de Site”, “Desenvolvimento de Sites”, “Fazer Um Site”, “Desenvolvimento Web”, “Montar Site”, “Agência Web”, “Criação de Sites Profissionais”, entre outras.

Você pode colocar de uma forma automática depois no Google, mas eu vou fazer de uma forma bem simples para que o processo fique claro, por isso, estamos usando o bloco de notas para criar a lista.

Bom, tem um porém aí. Você vai encontrar palavras boas e palavras ruins. Quando a gente olha o planejador de palavras-chave do Google, é possível descobrir outras informações relevantes. 

Primeiro, a média de pesquisa mensal. Você precisa ver se realmente a palavra tem muita pesquisa, pois se tem muito pouca, seu anúncio vai aparecer poucas vezes. A concorrência, que quer dizer se tem muita gente disputando por essa palavra-chave. 

Quando ela está alta é bom ou ruim? Bom, afinal se tem muita gente disputando é porque a palavra converte, gera resultado. Só que ruim também, porque tem muita gente disputando por ela e então a tendência é que ela seja mais cara.

Todavia, são sempre palavras que vão trazer resultado para você. Por isso que tem que ter uma Landing Page de alta conversão.

Enfim, ao analisar as palavras no planejador, você vai descobrir algumas que não são boas. Em alguns ramos aparecem mais e em outros menos. Por exemplo, no meu caso, apareceu aqui “Faça Seu Site”. Como sou eu que ofereço o serviço pronto e não uma plataforma para a pessoa fazer sozinha, esse termo não é bom para mim. Então, eu posso incluir o termo “Faça” na minha lista de palavras-chave negativas.

A ideia é que já tenho que excluir para quem eu não quero aparecer. Por exemplo, as palavras grátis, grátis, gratuito, gratuitos, assim como suas variações e sinônimos, incluindo plural e singular, para garantir que não apareça, eu tenho que tirar. Afinal, eu não ofereço a criação de sites gratuitamente.

Se o usuário digitar na pesquisa, por exemplo, “Criar sites grátis”, meu anúncio não vai aparecer, porque eu negativei o termo “grátis”. Você vai ter que fazer uma análise para entender a “intenção” do usuário ao utilizar certas palavras. Aqui eu encontrei “Monte seu site”, “Construtor de Site”, “Sites seguros para comprar”, como não é esse o meu serviço, também posso negativar “Monte” e “Construtor”. Essa última, nós vamos negativar em modo de frase, ou seja, não vamos aparecer para a frase inteira, para isso, a negativação tem que ser feita através das aspas, desse jeito: (“Sites seguros para comprar”). 

Enfim, você vai ficar nessa atividade por alguns minutos, analisando com cuidado. Quanto mais tempo você ficar no planejador de palavras-chave, melhor vai ser. Porque você já vai começar uma campanha otimizada, que já gera resultado desde o início. Então, tem que ter muitas e muitas palavras-chave negativas.

Muita gente pergunta: Tiago, é melhor colocar a palavra-chave em correspondência ampla, em frase ou exata? Eu gosto de trabalhar de forma ampla para não perder visitas. Só que ao mesmo tempo, incluo bastante palavras negativas para que eu não saia para quem não deve ver o meu anúncio. Esse é o objetivo, senão você vai desperdiçar dinheiro. Tem que ter no mínimo 30-40 palavras-chave negativas. E positivas, em média, de 10-20. Agora nós vamos para o último passo.

4˚ Passo – Criar Sua Campanha na Rede de Pesquisa

Sim, nós vamos criar a nossa primeira campanha. Ponto importante: Para você ter resultado, anunciando no Google, a gente fala dos três pilares. Quais são? O primeiro é a Landing Page de alta conversão. Como vimos no passo 2, quer dizer que o seu site, a página para onde você vai enviar o seu tráfego, tem que ser muito bom.

O segundo é a segmentação. Nesse caso, a segmentação na Rede de Pesquisa são as palavras-chave. São por elas que nós vamos definir para que vamos aparecer. Então, a segmentação precisa ser bem refinada. Para aparecer só para quem deve, realmente, ver o nosso anúncio.

E, por último, agora, é a nossa criação de campanha. Nós vamos criar o anúncio. Lembra que vimos lá no primeiro passo? Onde fizemos um estudo de mercado? É hora de pegar todas as informações para criarmos o melhor anúncio comparado com a nossa concorrência.

Quando você tem esses 3 pilares bem ajustados, a sua probabilidade de ter resultado é muito alta. E esse é o nosso objetivo aqui com o Google. Já começar uma campanha e fazer a nossa primeira venda bem rapidinho.

Vamos criar a nossa primeira campanha. Pode fechar o planejador de palavras-chave nesse momento. Vá para a home da sua conta Google:

  1. O primeiro passo é clicar no botão azul “+”, em seguida em “Nova Campanha”.
  2. Clicando em nova campanha, você tem a opção de escolher a meta. Se é para vendas, leads, entre outros. Quando você faz essa seleção, o Google já meio que lhe ajuda, já pré-configura a campanha baseado no seu objetivo.

Ponto importante: Quando se está procurando fazer a sua primeira venda, muita gente erra na segmentação ou o site não é tão bom. Então, eu recomendo, se no seu caso é possível fazer isso, focar em lead. Não em venda direta. Não a pessoa já clicar e comprar o seu produto e sim em lead. Porque com essa meta a pessoa deixa o lead, contatos, e é mais fácil para você pegar as informações dela e posteriormente falar por WhatsApp ou ligar para saber, por exemplo, o que faltou para que ela concluísse a compra. Ou perguntar também se ela precisa de uma ajuda.

Dessa forma, você vai acabar por identificar as dores, por que ela não comprou, enfim, algumas informações para melhorar a sua página e, assim, depois focar em venda.

Então, focar em lead, se é possível no seu negócio, é melhor. “Mas, Tiago eu tenho e-commerce. E eu foco para a pessoa ir direto para o meu site já comprar o produto. O que eu faço nesse momento?”.

E-commerce você pode colocar na Landing Page, e destaque, na parte bem visual logo que a pessoa entra, um chat online, um telefone para ela ligar. E também se ela não clicar no botão de comprar, ao sair da página, clicando no “X”, pode aparecer um pop-up para ela deixar os dados, para entrar em contato, enfim, ganhar um bônus específico. E aí você entrar em contato e pergunta porque a pessoa não comprou, o que faltou no site e assim você vai melhorando o seu site.

Então, nós vamos focar aqui em leads. Mas nós poderíamos também escolher “Criar uma campanha sem meta”, que é iniciar com todas as configurações e você mesmo vai criando tudo do zero.

  • Escolha a opção “Leads”.
  • Você vai selecionar “Rede de Pesquisa”. Se você tem um e-commerce, o Shopping é o que gera mais resultado, então, começaria por ele. Têm umas configurações de código para e-commerce e tudo mais, mas é o que gera mais resultado. Você vai ter que pedir ajudar para o seu programador. A rede de pesquisa é para quem vende qualquer outro tipo de produto, serviço. Como aqui no meu caso eu vendo criação de sites, vou escolher “Rede de Pesquisa”.
  • Aqui, o seu objetivo. O que você quer? Eu selecionei “Visitas ao Site”, pois lá eles vão se tornar leads. Em seguida, na linha abaixo, eu coloquei a URL do site da minha empresa. Aquela específica, da Landing Page. Você pode escolher “Ligações telefônicas”, “Visitas à Loja Física” e, então, o Google vai lhe ajudar a criar a sua campanha baseada no seu objetivo.
  • Clique em continuar.

Agora vamos criar mesmo toda uma campanha no Google. Na próxima página, você verá as escolhas que fez. As minhas estão dessa forma: Tipo: Pesquisar. Meta: Leads.

  • Chegou a hora de nomear a sua campanha. Aqui, vou colocar como “Primeira Venda no Google”.
  • Redes: É importante você focar em uma única rede. Então, não vamos anunciar na Rede de Display. Só Pesquisa. Nesse caso, desmarque o segundo box, referente ao Display, pois não é o nosso foco no momento.
  • Locais: Aqui você vai selecionar para onde você quer anunciar. Isso aqui é interessante. Se você já tem alguns dados que, por exemplo, “aquele” estado converte mais ou X e Y cidade funcionam mais para mim. Então, talvez, seja melhor para o seu caso começar naquela região que você acredita ser melhor, que já tenha até um histórico relacionado aos bons resultados. Por exemplo, quero anunciar só para a cidade de São Paulo, porque lá eles compram mais. Ou por regiões, focar no Sul, no Sudeste, Nordeste. Você é quem vai definir. Eu vou colocar “Brasil Inteiro”, porque para o meu caso faz sentido.
  1. Idiomas: Está em português. Confira se o seu também está dessa maneira.
  2. Orçamento: Aqui a gente vai determinar o orçamento diário. Eu vou colocar, por exemplo, R$30 reais por dia. O método de exibição se manterá padrão.
  3. Lances: Aqui eu posso colocar em “Conversões”. Você tem que focar em conversões. Geralmente, é melhor. E aí nós vamos selecionar o box “Definir um custo por ação desejado (opcional). Se você definiu a sua meta, terá o valor do CPA. Então, é importante você voltar e ir lá ver como é que se cria essa meta de CPA, que é o Custo por Aquisição. Nesse momento aqui, nós vamos colocar o limite máximo no “CPA Desejado”. É como falarmos: “Google, a cada R$100 reais que eu gastar com você, eu preciso gerar uma venda”. Você vai colocar isso como meta para que o Google trabalhe nela. Agora, se você colocar uma meta muito baixa, por exemplo, R$1 real, algo impossível, suas campanhas não vão rodar e você não vai ter clique. Não adianta fazer isso. E pode colocar um valor de CPA um pouquinho maior, uma sobra, porque o Google não vai chegar nesse valor. Muitas vezes vai chegar um pouquinho menos, mas ele sabe onde pode trabalhar. Então, vamos supor que a minha meta de CPA de lead seja R$5 reais. A cada R$5 reais, eu tenho um lead. Aqui, em “CPA Desejado”, eu colocaria um valor de, mais ou menos, R$8 reais, por exemplo.

Fazendo isso, nós vamos criar agora o nosso anúncio. Você visualizará algumas extensões de anúncios. Ao qual você deve usar todas. Eu tenho diversos conteúdos falando sobre extensões de anúncios, por isso a gente vai pular essa parte aqui, mas caso precise, tanto no meu canal do Youtube, quanto no blog, você os encontra.

  1. Clique em “Salvar e Continuar. A gente vai focar na criação do anúncio.
  2. Agora nós estamos no grupo de anúncios. A estrutura é a seguinte:

É recomendado que seja separado. Por exemplo, se o usuário está procurando por serviço de mídias sociais, ele tem que ver um anúncio de mídias sociais, ir para a URL de destino, Landing Page, de mídias sociais. Nesse caso, nós estamos criando apenas um. Chamado de criação de sites. No bloco seguinte, nós vamos colocar as palavras-chave que pegamos anteriormente. E eu posso, inclusive, colocar as palavras ruins também. Essas palavras negativas, precisam receber um sinal de menos (-) a frente. Assim, o Google já identifica que você não quer sair para essas palavras-chave.

  1. Clique em “Salvar e Continuar”. Se tiver tudo certo, o Google vai para a próxima etapa, caso contrário ele lhe mostrará alguns avisos para que seja possível corrigir algum erro ou outro.
  2. O próximo passo é a criação de anúncio. Então você foi lá, analisou os anúncios de seus concorrentes e chegou a conclusão de que precisa superá-los. Chamar mais a atenção. É isso que nós vamos colocar em prática aqui:URL Final: Link para a sua Landing Page.
    1. Título 1: Criamos seu site em 7 Dias. É claro que esse é um exemplo, você vai criar um título condizente com o seu negócio. Precisa ser chamativo, atraente e criativo.
    2. Título 2: Personalizado e Rápido.
    3. Título 3: O último, posso colocar o nome da agência. Por exemplo, Blueberry Marketing.
    4. Descrição 1: Tenha um Site de Alta Conversão Personalizado.
    5. Descrição 2: Melhores Preços do Mercado.
      Caminho de exibição: Aqui eu posso colocar um caminho para deixar o anúncio mais rico. Por exemplo: bbmarketing.com.br/site/personalizado.O usuário não vai para esse link, mas ele vai aparecer no anúncio.

É claro que você vai ter que criar um anúncio, realmente, bem melhor. Esse é só um exemplo para você tirar como base nesse passo-à-passo. Mas é importante que tenha uma atenção bem focada, porque inevitavelmente você vai disputar com outras pessoas.

Fechou. Criei meu anúncio. Você vai ter que criar no mínimo 2 ou 3 anúncios para fazer um teste A/B. Ou seja, o Google vai colocar os três anúncios, aquele que identifica que é o melhor, ele deixa mais tempo e assim por diante. Na plataforma você consegue visualizar também como fica seu anúncio no desktop e no dispositivo móvel.

Agora você clique em “Salvar e Continuar”. Depois de criar no mínimo os 3 anúncios, você vai clicar em “Continuar na Campanha”. Então, vai revisar tudo, verificar se ficou correto e pronto. Está pronta para rodar a nossa campanha.

Recapitulando

Então, vamos recapitular os passos. Primeiro, vamos pesquisar o mercado para a gente superar a concorrência.

Criar uma Landing Page focada em conversão, de preferência, focada em leads. Para que você possa pegar a informação, ligar para a pessoa e vender. Nesse primeiro momento é melhor, pois fica mais difícil fazer a venda desse jeito, é necessário primeiro identificar as dores do usuário e tudo mais.

O terceiro momento aqui é pesquisar e focar na palavra-chave no momento da compra, ou seja, “comprar TV”, que demonstre que o usuário está prestes a comprar. Têm alguns produtos que são bem específicos, demonstram a intenção e o momento do potencial consumidor.

E o último, crie a sua campanha na Rede de Pesquisa. É isso! Esses 4 passos vão fazer você criar a sua campanha da melhor maneira possível e já gerar resultado logo de início.

Ponto importante: Tiago, comecei a anunciar no Google e o resultado não veio no primeiro dia. Também não veio no segundo, no terceiro dia. Será que eu fiz tudo errado? É o seguinte, quando você começa a anunciar no Google, é normal você não ter resultado nos primeiros dias, ou melhor, você pode tanto ter como não ter e está tudo bem. Porque você está aprendendo a mexer na ferramenta e isso vai lhe dar experiência.

Eu sempre falo que o fracassado não é aquele que anunciou no Google e teve algum prejuízo no início. É aquele que nunca anunciou e fica dando desculpas. Não seja essa pessoa! Tem que ir lá, colocar a mão na massa para gerar resultado.

É normal no início sentir uma certa dificuldade com a ferramenta, mas você está anunciando, testando. E essa experiência inicial que você “investiu” e que não retornou tudo aquilo que gostaria, vai lhe dar experiência para, lá na frente, você anunciar da melhor maneira. E já identificar o que tem para melhorar no site, nos anúncios, para que você tenha mais resultados no futuro.

Então é isso. Espero que você tenha curtido esse conteúdo. E se você curtiu, deixe um comentário aqui abaixo. E a gente se fala.

Assista ao vídeo abaixo

Aproveite para se inscrever em meu canal do YouTube e receber mais dicas sobre marketing.

Acesse: Canal do YouTube

Ouça o Podcast!

Baixe meus podcasts em sua plataforma favorita.

Acesse: Podcast

Baixe os Slides

Baixar Slide

Tchau-tchau!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Aprenda a anunciar no Google com Orçamento Baixo

Ebook + Aula Completa Inclusa. Baixe Agora. É Grátis.

JUNTE-SE A MAIS DE 50.000 PESSOAS

Entre para nossa lista e receba
conteúdos exclusivos e com prioridade

Gostou do artigo? Deixe seu comentário abaixo

Aprenda mais sobre Marketing Digital no Instagram Me siga →