Como Organizar Suas Palavras-Chave Negativas No Google

Como organizar as suas palavras-chave negativas no Google. De uma forma mais simples, rápida e prática.

A gente sabe da importância de incluir sempre palavras-chave negativas nas nossas campanhas. Eu chamo de um público negativo. Outras segmentações negativas. Ou seja, muitas vezes, é melhor você descobrir para quem não anunciar, para quem você não deve aparecer, do que para quem você deve aparecer. Porque, se você aparecer para uma pessoa que não vai comprar o seu produto, na pesquisa, no remarketing ou em qualquer outro lugar, o resultado não virá. Não adianta, você vai desperdiçar dinheiro no Google. 

A grande sacada é determinar da seguinte forma: “Para essas palavras aqui eu não devo aparecer de jeito nenhum. Assim como para esse público aqui”. Isso quer dizer que você tem que os excluir das suas campanhas e anunciar obviamente para quem tem mais probabilidade de comprar de você.

Eu vou mostrar para você aqui um exemplo. Eu tenho, na campanha que utilizei para trabalhar esse conteúdo, 6 grupos de anúncios. Vamos supor que no grupo 1 eu descobri uma palavra muito ruim, que eu tenho que excluir de todas as minhas campanhas no Google, porque ela é ruim demais.

O que a gente faz, geralmente? Nós colocamos a palavra negativa em nível de campanha, ou seja, todo mundo que está nos grupos de anúncios você exclui. Ou tem gente que coloca por grupo de anúncio e depois copia e cola essa palavra-chave em todos os conjuntos. Isso dá um trabalhão danado.

Bom, depois disso você vai lá e cria uma outra campanha. Talvez, uma campanha focada em remarketing de pesquisa, enfim… e você quer incluir as palavras negativas, ou até na display, você não quer sair para aquelas palavras. Aí você tem que ir lá, pegar na campanha, copiar, colar de novo e assim por diante. Fica algo bagunçado e que leva muito tempo.

Agora, imagine se você descobrir uma palavra-chave negativa nova? Você tem que ir em todas as campanhas ou em conjuntos específicos e, realmente, lá excluir essa palavra negativa.

Então, nesse formato, nós temos que ganhar tempo, na verdade, no Google. E não perder tempo na otimização. Porque a grande sacada é você ficar de olho na estratégia, não na ferramenta em si. Não gastar tempo em ficar clicando, um por um, em cada botão. Nós precisamos fazer a otimização de forma rápida e simples para focar na estratégia.

Eu vou ensinar, em poucos segundos, como você pode gerenciar melhor as suas listas de palavras-chave negativas. E, cara, na hora de adicionar nas campanhas fica muito mais fácil.

Sem tempo de ler? Ouça o podcast!

Gerencie Suas Listas de Palavras-Chave Negativas em Segundos

O que você vai fazer? É muito simples. Na sua conta Google, você vai em ferramentas, depois em “Listas de Palavras-chave Negativas”.

Então, vamos supor. Eu descobri que a palavra “Grátis” é ruim para mim. Então, eu clico em “Listas de Palavras-chave Negativas”. Na página, você vai criar a sua lista de palavras-chave negativas.

Eu criei uma lista, por exemplo, de palavras em geral. Nela, contém mais de 1200 palavras que não faz nenhum sentido eu aparecer. Então, se eu clicar nessa lista tem todas as palavras negativas que já estão acionadas nas minhas campanhas.

Com a palavra ruim que eu encontrei, grátis, eu vou até essa lista, no bloco “Adicionar palavras-chave negativas”, simplesmente escrevo a palavra “Grátis” e clico em “Salvar”.

Automaticamente, ele já vai negativar em todas as campanhas que está essa lista de palavras-chave negativas. Sem eu fazer nenhum esforço adicional. Muito rápido e simples.

A grande sacada aqui é que você pode ser ainda mais específico. Caso não faça sentido aplicar a todos. Ou que a palavra faça sentido para o grupo Y, mas não para o X.

Como Criar Listas de Palavras-chave Negativas Específicas?

Para esses casos, você vai criar listas de palavras-chave negativas específicas. Por exemplo, vamos supor que grátis é uma palavra ruim. Então, para fazer isso, você vai clicar no sinal “+”. Em seguida, atribua um nome à sua lista. No meu caso, vou colocar como “Grátis”.

Você visualizará um bloco logo abaixo com a seguinte inscrição “Insira ou cole suas palavras-chave negativas, uma por linha”. É nele que a gente vai colocar a palavra principal, no caso grátis, e todas as variações dela. Então, por exemplo: Grátis, gratis (sem assento mesmo para garantir), gratuito, gratuitos, gratuita, gratuitas, free, graça, entre outras. Depois disso é só clicar em “Salvar”.

Quando você fizer isso, vai visualizar uma página com as suas listas, incluindo, a que você acabou de criar. Ela é apresentada, geralmente, com o nome que você atribuiu, o número de palavras que contém, e em quais campanhas está adicionada. 

Essa que você criou agora não está funcionando em nenhuma campanha. Para aplicar a lista em uma campanha, você deve selecioná-la e no menu horizontal, na parte superior do bloco, clicar em “Aplicar a Campanhas”. Uma janela se abrirá. Nela, você pode selecionar qual a campanha quer inserir essa lista negativa e depois é clicar em “aplicar”. Pronto, você poderá ver a atualização em seguida.

Muito simples e rápido. Você não precisa ficar lá um por um, cada grupo, copiando e colando e assim por diante.

Então, essa organização da lista de palavras-chave é muito importante. Se você quer saber melhor como descobrir quais são as suas palavras-chave ruins, veja “Como Escolher As Melhores Palavras-Chave no Google”, um conteúdo especial sobre o assunto.

De qualquer forma, vou deixar uma breve introdução para você agora. Vamos supor que eu, Tiago, vendo um curso de Google Ads. Minha palavra-chave principal, por exemplo, é Curso Google Ads. Aí, eu descobri que alguém digitou “Curso Grátis de Google Ads” e o meu anúncio foi exibido.

O que eu faço? Eu vou negativar só a palavra grátis. Como fizemos aqui. Não vamos negativas “Curso de Ads Grátis” entre colchetes. Só a palavra grátis, porque ela não faz sentido nenhum no meu caso. Agora, veio Curso Analytics. Analytics não faz sentido nenhum eu aparecer. Exclui só a palavra “Analytics”.

Dessa forma, você vai conseguir ter mais resultado, porque está refinando suas palavras-chave negativas. E depois de um tempo de otimização, você começa a aparecer só para pessoas que estão, de fato, procurando sobre o seu produto/serviço.

Essa é a maneira de você organizar suas listas de palavras-chave negativas. Vá identificando e criando listas específicas ou adicionando novas palavras a uma lista geral. Depois, é só aplicar nas campanhas. 

Simples assim. Sem precisar ficar colocando um por um. Espero que esse conteúdo tenha lhe ajudado.

Assista ao vídeo abaixo

Aproveite para se inscrever em meu canal do YouTube e receber mais dicas sobre marketing.

Acesse: Canal do YouTube

Ouça o Podcast!

Baixe meus podcasts em sua plataforma favorita.

Acesse: Podcast

Baixe os Slides

Baixar Slide

Nos vemos na próxima!

Abraço.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Aprenda a anunciar no Google com Orçamento Baixo

Ebook + Aula Completa Inclusa. Baixe Agora. É Grátis.

JUNTE-SE A MAIS DE 50.000 PESSOAS

Entre para nossa lista e receba
conteúdos exclusivos e com prioridade

Gostou do artigo? Deixe seu comentário abaixo

Aprenda mais sobre Marketing Digital no Instagram Me siga →