O Que é Ctr e Qual a “%” Ideal no Google Ads

O que é CTR? Por que ele é importante? E como eu faço para aumentar esse número nas minhas campanhas de Google Ads? É esse o tema que eu quero discutir com você nesse conteúdo.

Sem tempo de ler? Ouça o Podcast!

O que é CTR?

Se você abre a sua conta de Google, tem uma coluna chamada CTR. Quando você coloca o mouse em cima, já tem uma breve explicação sobre o que é o CTR. Vou disponibilizá-la agora, de forma bem rápida. Segundo o Google: “A taxa de cliques (CTR, na sigla em inglês) avalia a frequência com que as pessoas clicam no seu anúncio depois de visualizá-lo. Isso pode ajudar você a entender a eficácia do anúncio. Para calcular CTR, é necessário dividir o número de cliques que seu anúncio recebe pelo número de vezes que ele é exibido. Se você tem 5 cliques e 1.000 impressões, a CTR é de 0,5%”.

Toda vez que você anuncia no Google, seu anúncio aparece em algum computador, pode ser rede de pesquisa, no Youtube, na rede de display, isso conta como uma impressão. Se uma pessoa clica, significa que teve uma taxa de clique. Ou seja, uma pessoa viu o seu anúncio e clicou. Essa aí é a taxa de clique, a porcentagem de impressão que esse anúncio recebeu dividido pela porcentagem de clique.

Então, se você teve 1 clique e apareceu 100 vezes, logo a sua taxa de conversão é de 1%. É isso!

Porque o CTR é Importante?

É um número para você ficar de olho. O Google olha o CTR para dizer se o seu anúncio está sendo relevante para o seu público-alvo ou não, para quem você está anunciando.

Vamos falar dos 3 pilares para você ter sucesso no Google. Tem até um conteúdo aqui no blog sobre isso, caso queira se aprofundar. O primeiro pilar é a URL de destino. Então, uma Landing Page de alta conversão. Segundo pilar, segmentação. E terceiro o anúncio em si. 

Então, se o seu CTR está baixo, a segmentação ou o anúncio, um dos dois ou até os dois, estão ruins. Ou seja, você está com um anúncio muito bom, porém está anunciando para o público errado. Por exemplo, se eu estou vendendo uma televisão e alguém pesquisar “como comprar um rádio” e aparecer o meu anúncio, significa que eu não estou sendo relevante. A minha segmentação por palavra-chave não está sendo boa, não está sendo realmente relevante para aquela busca.

Ao mesmo tempo, um anúncio pode ser muito ruim, mesmo sendo relevante. Então, têm vários anunciantes bons e você coloca lá o seu anúncio, e se ele não for bom, não vai chamar a atenção do usuário e você não vai ter clique.

O Google gosta, obviamente, de um CTR muito alto. Porque quanto maior esse CTR você teve que aparecer menos para ter mais cliques. Geralmente, na maioria dos casos, o Google ganha mesmo com cliques. E quanto menos o seu anúncio é visto e mais cliques ele tem, significa que está aparecendo para o público-alvo e está chamativo. Então está sendo um anúncio altamente relevante.

O Google valoriza as campanhas com um CTR maior. Porque elas estão sendo mais relevantes para o usuário. O objetivo principal do Google é que os usuários encontrem aquilo que, de fato, eles estão procurando. Por isso que muitas vezes você vai colocar uma palavra-chave nada a ver com o anúncio ou com o produto e quase sempre o Google não deixa nem aparecer. Porque não está sendo relevante. 

Se a pessoa procura no Google e não encontra aquilo que de fato ela está procurando, ela vai para um outro buscador. E aí o Google está perdendo os clientes dele e ele não quer fazer isso.

Então, vamos lá… por que ele é importante? Porque você vai guiar, vai perceber se os seus anúncios estão sendo relevantes ou não, olhando esse número superimportante. 

Ponto importante: Qual é a métrica mais importante que você precisa ficar atento ao gerenciar uma conta de Google, de Facebook ou qualquer outra fonte de tráfego? É a taxa de conversão. O retorno sobre o seu investimento. Isso é mais importante que o CTR, mas eu digo que o segundo mais importante é o CTR. Porque, às vezes, você está tendo conversão, porém o seu CTR não está tão alto. Aí tem que ficar atento para melhorar, porque você pode estar pagando mais por clique. 

O Google valoriza um bom CTR com melhores posições, com alcance maior, você aparece mais vezes, e acaba até pagando menos por clique. Se o seu CTR está muito bom, está com anúncios, realmente, relevantes, ele ajuda no resultado final das suas campanhas como um todo.

Qual a Porcentagem Ideal do CTR no Google Ads?

Tiago, o que é um CTR bom ou ruim? Qual a porcentagem? Muito tempo atrás, essa pergunta foi a que eu fiz para uma gerente de Google que nos ajudava aqui na agência. E ela nos disse, na época, 1% na rede de pesquisa. Acima disso já é considerado bom pelo Google. E rede de display 0,5% é considerado bom. Nesse caso, é ainda mais difícil.

A grande sacada é que o Google funciona como leilão. Então você não pode trabalhar com menos de 1%. Você tem que criar mais grupos de anúncios, ser mais relevante, esse é o seu foco. Abaixo disso você está em uma situação bem crítica.

Mesmo que estiver com 1%, você não deve descansar, ficar tranquilão. O que você tem que fazer é procurar aumentar esse CTR, sempre buscando um numero maior. Porque o Google funciona como leilão. Se você tem um CTR de 1%, porém seus concorrentes têm um CTR de 3,4, 5 ou 7%, para o Google, esses caras são mais relevantes que você. Mesmo que o seu CTR seja acima de 1%.

Então, o passo que você tem que ter no Google é: Eu preciso vencer a minha concorrência. Se você conseguiu, facilmente, um CTR de 3 ou 4%, não é que você é o cara em Google Ads, significa que para o seu nicho específico, para aquelas palavras, talvez, seja mais fácil alcançar um CTR bom e você tem que buscar ser extraordinário, ultrapassando esse número, 5/6/7%. Quanto mais, melhor.

Agora quando a gente fala em rede de display, 0,5% é um desafio muito complicado para alguns nichos. Se eu não me engano, para essa campanha que eu estou analisando enquanto faço esse conteúdo, que é do Aprenda Piano, a gente estava com 0,2%/0,3%.

Como eu aumentei o CTR das minhas campanhas na rede de display? Deixando meus anúncios mais segmentados e fazendo anúncios nativos. Ou seja, anúncios que não parecem anúncios. Porque quando a pessoa entra em um artigo ou blog e vê aquele anúncio de compra de produto, ela automaticamente bloqueia. Então, quando não parece um anúncio, tende a gerar um resultado melhor. Você consegue ter um CTR melhor.

Então, recapitulando. A parte de pesquisa 1% é o mínimo. Eu digo que começa a ser bom acima de 3 ou 4%. Aí eu digo que é até excelente, está mandando ver! E se você conseguir, na rede de display, 0,7% ou até 0,5% você está dominando a rede de display do Google. Então, a sua campanha está realmente de alta relevância. O Google vai valorizar as suas campanhas como um todo.

É basicamente isso. Você pode perguntar: Tiago, como eu faço para aumentar o CTR da minha campanha? Basicamente sendo mais relevante para o usuário, através da segmentação, palavras-chave, nesse caso na Rede de Pesquisa. E tornar os anúncios mais chamativos.

É isso! No meu canal do Youtube eu vou deixar disponível um conteúdo sobre índice de qualidade, que é importante você conferir também.

Nos vemos no próximo material.

Assista ao vídeo abaixo

Aproveite para se inscrever em meu canal do YouTube e receber mais dicas sobre marketing.

Acesse: Canal do YouTube

Ouça o Podcast!

Baixe meus podcasts em sua plataforma favorita.

Acesse: Podcast

Baixe os Slides

Baixar Slide

Até lá!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Aprenda a anunciar no Google com Orçamento Baixo

Ebook + Aula Completa Inclusa. Baixe Agora. É Grátis.

JUNTE-SE A MAIS DE 50.000 PESSOAS

Entre para nossa lista e receba
conteúdos exclusivos e com prioridade

Gostou do artigo? Deixe seu comentário abaixo

Aprenda mais sobre Marketing Digital no Instagram Me siga →