Qual O Melhor Lance No Google Ads? Cpc X Cpa X Roas X Pdi

Qual é o melhor tipo de lance para se trabalhar na sua conta de Google Ads. CPA? CPC? CPC Otimizado? Manual? Automático? Muita gente pergunta isso para mim e vou responder de uma forma que eu acredito que é melhor você trabalhar. Mas isso foi baseado nos meus testes e vale a pena você testar. Porque cada ramo é diferente, cada conta é diferente, e vale a pena o teste. No meu caso, eu fiz vários testes e cheguei em uma conclusão de que, para mim, funciona muito bem nesse formato.

Sem tempo de ler? Ouça o Podcast!

Os Lances no Google Ads

Vamos falar sobre lances. Quando você configura uma conta Google, é possível escolher a forma como o Google vai lhe cobrar.

Então, você pode escolher, por exemplo, pagar por clique. Ou seja, cada pessoa que entra no seu site, você paga um clique e o Google vai otimizar para ter mais cliques. 

Você pode otimizar também por conversão. Você pode definir o valor máximo que quer pagar por uma conversão, não importa a quantidade de cliques, pode levar menos ou mais, e o Google vai lhe cobrar quando ocorrer.

E tem outros formatos de lances, como parcela de impressões, mantendo as primeiras posições de pesquisa e assim por diante. 

Vou falar rapidamente sobre cada uma delas, porque você pode entrar lá no “saiba mais”, em sua conta, e ver a explicação, realmente, do Google. É importante você ler a central de ajuda sobre o “Lances”, porque lhe ajuda a ter uma visão melhor.

A gente tem nessa sessão, a parte de “Conversões”. É o primeiro que vamos trabalhar. Em conversões, você pode definir, opcionalmente, um CPA máximo. Custo por aquisição. Ou seja, você está dizendo ao Google que quer pagar, no máximo, R$100 reais, por exemplo, por cada venda, por cada conversão, por cada lead. Então, a cada R$100 reais que você investir no Google, você basicamente está exigindo que ele lhe entregue uma conversão. Simples assim. 

Ou você pode deixar livre e o Google vai maximizar automaticamente para ter mais conversões, independente do valor máximo. Eu não recomendo, porque gosto de colocar sempre CPA máximo. Até diferente das campanhas do Facebook e Instagram.

O valor de conversão é otimizar pelo ROAS desejado. Então, você vai otimizar por aqueles cliques que tragam um retorno maior. Tem uma explicaçãozinha bem rápida do próprio Google sobre isso. Mas é basicamente: Se a sua meta é conseguir, em média, R$5 reais em vendas para cada R$1 real gasto em anúncio, seu ROAS desejado é R$500 reais.

Então, se a cada R$1 real gasto em anúncio, você quer um retorno de R$5 reais, é preciso ter o valor de conversão certinho na sua campanha, você vai colocar, por exemplo, 500% de ROAS, pois esse é o retorno sobre o investimento que você precisa. Você pode otimizar e o Google vai trabalhar para entregar esse resultado.

O próximo que a gente tem aqui é a otimização de cliques. Esse é o mais simples. Cada pessoa que entra no seu site, você paga. Independente se gerou conversão ou não. O Google vai maximizar para ter mais cliques.

Não é recomendado você trabalhar de uma forma para maximizar cliques, porque o objetivo, realmente, principal, da maioria das contas, obviamente, é gerar conversão. Então, nós temos que sempre focar em maximizar as conversões. O resultado e não o clique. E clique não significa resultado. O clique, na maioria das contas, significa simplesmente que a pessoa entrou na sua loja e não que ela comprou. E o nosso objetivo é fazer ela comprar.

E você pode definir um lance máximo ou deixar padrão, o Google escolher. Geralmente, o pessoal escolhe. Só que nesse formato que estamos fazendo aqui, estamos colocando para o Google fazer de uma forma automática. Estratégia de lances automáticos. Então, CPA, ROAS. Ou seja, você define e o Google vai escolher nas suas palavras-chave, o público-alvo. Você perde um pouco o controle. Mas diz o seguinte: “Google, está aqui, é de forma automática, controle para mim e traga e traz o resultado”.

Quando você coloca CPC Manual, tem um controle melhor sobre os seus lances. Lembrando, que é necessário, nessa opção, marcar a caixa logo abaixo da lista de seleção da sua estratégia de lances, pois marcada ela vai trabalhar o CPC Otimizado. Assim, o Google vai trazer cliques com maior probabilidade de conversão. 

O Google afirma que definir os lances manualmente pode piorar o desempenho. Então, use lances automáticos para ajudar a melhorar os resultados.

Nós temos também as parcelas de impressões, que é basicamente definir o local de anúncio e pagar por isso. Então, você quer na parte superior dos resultados ou na posição sempre mais alta dos anúncios. É como se você dissesse: “Eu estou disposto a pagar um lance maior, mas o meu foco é sempre manter a primeira posição”. Talvez, para algumas palavras faça sentido. E você será cobrado por parcela de impressões desejada.

Como é que funciona isso? É a frequência com que você quer exibir seus anúncios na área de pesquisa selecionada, quando outras pessoas pesquisarem por essa palavra. Na verdade, isso é praticamente um custo por impressões. Basicamente, isso. O Google substituiu por porcentagem de parcela de impressões. Então, antigamente era CPM e agora está utilizando parcela de impressões.

É bem parecido, mas pode mudar um pouco pela forma como o Google vai cobrar, você pode limitar o CPC e tudo mais, mas você, realmente, está com a preocupação de aparecer para todas as pesquisas, independente se vai ter clique ou conversão, você quer aparecer. Aí, nesse caso, talvez, caiba mais um trabalho de branding.

Agora, a pergunta que não quer calar…

Qual é a melhor estratégia de lance e a que mais gera resultado?

Quanto mais conversões você tiver na sua conta de Google, mais o pixel do Google fica inteligente. Quanto mais inteligente ele for, mais fácil a sua conta vai trazer conversões. Porque o Google sabe exatamente quem é o seu público-alvo. Por isso que no começo, quando você começa do zero uma campanha, a opção “Valor de Conversão” pode não estar disponível. Porque você não tem nenhuma conversão, o Google não tem nem como otimizar isso.

Então, você roda a sua campanha e depois de alguns dias o Google vai lhe dizer: Agora pode ativar. Porque já entendeu um pouco. Geralmente, se eu não me engano, é com 15 conversões que começa a rodar, porque o Google já começa a entender a sua campanha. E você pode trabalhar por CPA.

Eu gosto de trabalhar com lance manual. CPC otimizado manual ou CPA. Vou explicar o porque.

Quando você trabalha com CPC Otimizado, você está dizendo ao Google: “Eu escolho o lance que dou para cada palavra-chave, para cada público, enfim, eu tenho mais controle sobre as minhas campanhas, e trabalho de uma forma otimizada. Ou seja, eu quero trazer cliques que tragam mais resultado para mim. E eu tenho um controle. Quando você trabalha de forma automática, o Google é quem vai maximizar suas conversões e cliques e você não pode ir lá na palavra-chave, alterar e querer que ela tenha mais resultado que outra. O Google vai fazer automaticamente. E eu gosto de fazer isso para ter um controle maior sobre as minhas campanhas.

Então, se você não tem muito tempo pode utilizar de forma automática, mas eu, Tiago, prefiro trabalhar CPC otimizado ou CPA, que para mim, é o que traz mais resultado.

O CPA eu defino lá, por exemplo: Google, eu pago no máximo R$100 reais por conversão. Se vira! Me traga esse resultado.

Agora, um adendo para a gente ficar atento. Eu fiz uma experiência no Google por um tempo, quando estava rodando muito, um investimento muito alto. Eu executei o teste CPC X CPA.

CPA, no período que ele trabalhou, trouxe um custo por conversão realmente menor, mas um volume de conversão menor. Porque se você coloca R$100 reais de CPA, o Google passa a sensação de que ele tem medo de gastar, se não trouxer resultado para você. Então, ele só vai gastar a sua verba, se tiver muita certeza que aquele clique vai trazer conversão para você. Então, o Google fica meio com medo de liberar essa verba. E com razão, porque ele precisa cumprir essa meta de CPA.

O CPC Otimizado trouxe um custo por conversão um pouquinho maior, porém ele trouxe mais volume.

Depende muito do que você está procurando. É melhor, no seu caso, um custo por conversão menor ou mais volume, querendo matar um pouquinho a sua margem?

Então, se no momento você está com baixo investimento, algo mais limitado, cerca de R$10/15 mil reais por mês ou está começando agora, R$1000/R$500 reais por mês, você pode trabalhar com o CPA. Porque você tem uma verba não tão alta e quer conversões, realmente, com custo baixo.

Agora, se você, realmente, precisa de muito volume de conversão, mesmo matando um pouco a margem, mas você quer tráfego, tráfego, tráfego, pode trabalhar com CPC otimizado. Você vai ter um custo de conversão um pouco maior, mas vai trazer muito mais volume, porque perde o medo de o Google não gastar a sua verba.

Você pode, obviamente, no CPA colocar um valor de custo muito mais alto. Se a sua meta de CPA for realmente R$100 e você quer que o Google gaste mais, vai ter que colocar, por exemplo, R$150. Não quer dizer que vai ser exatamente R$150, pode ser R$120/R$130, então você pode manter CPA ao invés de CPC Otimizado. Mas, em vários testes que eu fiz, quando se trata de escala, você começa a investir mais de R$50 mil, e trazer conversão, CPC otimizado foi o que me trouxe mais volume, mesmo que o custo de conversão não tenha sido tão eficiente, quanto o CPA.

Essas são as duas que eu utilizo. E para cada caso, utilizo um lance específico. Então, é isso! Vale a pena você testar, obviamente, e ver qual que encaixa mais no seu perfil e na sua forma de gerenciar.

Espero que esse conteúdo tenha ajudado você a tomar uma decisão, e também lhe incentivado a, pelo menos, fazer um teste. Vai que você gosta de um caminho ainda melhor. CPC, CPA ou até ROAS.

Assista ao vídeo abaixo

Aproveite para se inscrever em meu canal do YouTube e receber mais dicas sobre marketing.

Acesse: Canal do YouTube

Ouça o Podcast!

Baixe meus podcasts em sua plataforma favorita.

Acesse: Podcast

Baixe os Slides

Baixar Slide

Nos vemos no próximo conteúdo.

Até lá!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Aprenda a anunciar no Google com Orçamento Baixo

Ebook + Aula Completa Inclusa. Baixe Agora. É Grátis.

JUNTE-SE A MAIS DE 50.000 PESSOAS

Entre para nossa lista e receba
conteúdos exclusivos e com prioridade

Gostou do artigo? Deixe seu comentário abaixo

Aprenda mais sobre Marketing Digital no Instagram Me siga →